A Amazônia e o risco de perder nossa soberania

Amazônia - Sempre Brasileira!

Veja o potencial espetacular dessa magnífica área e o risco iminente que os patriotas brasileiros estão correndo, de perdê-la para o mundo.
Slides e comentários expressivos - Gen Ex Luiz Gonzaga Schroeder Lessa e Grupo Inconfidência.
 

"Estamos perdendo pouco a pouco a soberania de nosso País"

A Amazônia está aberta para crimes como exploração e contrabando de minerais e entrada de armamento pela fronteira com a Venezuela

Jornal Inconfidência nº 224 - Fev 2016 -  Pág. 11 - Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira

Para visualizar o artigo clique aqui

 

Deficit de soberania

Os riscos de enfraquecimento da soberania do Brasil sobre a parte nacional da Amazônia

Jornal Inconfidẽncia nº 219 - Out 2015 - Pág. 13 - Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira

 

Amazonlog17, um desafio logístico na Amazônia

Exercício multinacional objetiva promover ações humanitárias rápidas em catástrofes

ESTADO DE SÃO PAULO - 21 Set 2017 - Pág. A2

 

Amazônia - o grande desafio (I)

Precisamos saber RESISTIR,  mesmo que a ferro, a fogo e a sangue, com os meios que dispomos, um deles, a "Estratégia da Resistência", implantada no Comando Militar da Amazônia desde 1994, para a defesa da Amazônia brasileira contra a invasão de nação ou coalisão de nações hegemônicas

Jornal Inconfidência nº 238 - Mai 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

 

Amazônia - o grande desafio (II)

Nosso País é tido como a "Nação do Sol" e o "Império das Águas"! A Amazônia é este vastíssimo Império, mercê da grandiosidade da bacia Solimões - Amazonas
 
Jornal Inconfidência nº 239 - Mai 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

Amazônia - o grande desafio (III)

Da ordem de 20 a 26% da água doce da superfície terrestre se encontram na Região Amazônica

Jornal Inconfidência nº 240 - 30 Jun 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (IV )

Os rios Solimões-Amazonas, ou simplesmente Rio Amazonas, como será chamado daqui para frente, nasce na Cordilheira dos Andes, ao sul do Peru, a 5.567 metros de altitude, num encontro dos desertos de Nasca e do Atacama, e segue na direção oeste-leste até desaguar no Oceano Atlântico

Jornal Inconfidência nº 241 - 31 Jun 2017 - Pág.10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (V)

Para defesa e guarda da cobiçada Amazônia, imprescíndivel é a estratégica foz do Amazonas

Jornal Inconfidência nº 243 - 30 Set 2017 - Pág. 15 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (VI)

Os "rios voadores" ou "aéreos" carregam água da floresta, movidos pelos ventos alíseos, oriundos do Atlântico Norte

Jornal Inconfidência nº 244 - 31 Out 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (VII)

Parte da água consumida, não apenas pela indústria, pela agricultura, etc, mas também pelas torneiras das residências das regiões brasileiras, provém da Amazônia, pelo fenômeno da "evapotranspiração da floresta"

Jornal Inconfidência nº 246 - 25 Dez 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (VIII)

Um tema preocupante: o tráfico de água dos rios amazônicos

Jornal Inconfidência nº 247 - 31 Jan 2018 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - o grande desafio (IX)

O tráfico de água de rios amazônicos, com destino a vários países, se faz, maiormente, por navios petroleiros, e a captação é realizada, prioritariamente, na foz do Rio Amazonas

Jornal Inconfidência - 28 Fev 2018 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

Amazônia - O grande desafio (X)

As conclusões geradas na 8ª edição do "Forum Mundial da Água", realizada em Mar 2018, em Brasília/DF

Jornal Inconfidência nº 250 - 30 Abr 2018 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (I)

A escassez de água poderá ser motivo para guerras futuras, como nos vêm alertando o General Marco Antonio Felício da Silva
Jornal Inconfidência nº 190 - Mai 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (II)

Aproximadamente 75% de toda produção do sistema de energia brasileiro são oriundos da hidreletricidade
Jornal Inconfidência nº 191 - Jun 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (III)

O crescimento do Brasil, apesar de pífio, nos últimos anos, mercer da má gestão do atual e dos governos anteriores, carece de energia
Jornal Inconfidência nº 192 - Jul 2013 - Pág 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (IV)

O Brasil vem caminhando na contra-mão do desenvolvimento e o cronograma de obras das hidrelétricas amazônicas está sensivelmente atrasadas
Jornal Inconfidência nº 194 - Set 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (V)

O cronograma das obras da hidrelétrica de Belo Monte vem sendo criminosamente retardado, por ações "ecoterroristas"
Jornal Inconfidência nº 195 - Out 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (VI)

Em nosso Brasil, desafortunadamente, os sectários do "ecoxiismo" continuam a apregoar as suas teses anti-desenvolvimentistas
Jornal Inconfidência nº 197 - Dez 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (VII)

Os projetos das hidrelétricas na Amazônia vêm sendo criminosamente retardados
Jornal Inconfiência nº 198 - Jan 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (VIII)

Os "movimentos socio-ambientais" e grupelhos de "ecoxiitas", vem exigindo, constantemente, o cumprimento, desde já, das cláusulas estabelecidas, tudo para retardar ou embargar as obras em andamento
Jornal Inconfidência nº 199 - Fev 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (IX)

O "risco Brasil" atinge em cheio as duas maiores empresas estatais brasileiras, a Petrobrás e a Eletrobrás
Jornal Inconfidência nº 201 - Abr 2014 - Pág. 15 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (X)

Como as chuvas não vieram, tudo leva a crer que teremos a repetição do racionamento de 2001
Jornal Inconfidência nº 203 - Jun 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XI)

Cadê as obras prometidas com tanto alarde midiático?

Jornal Inconfidência nº 204 - Jul 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XII)

A Declaração Universal dos Direitos dos Povos Indígenas, aprovada pela ONU em 2007
Jornal Inconfidência nº 206 - Out 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XIII)

Em meados da década de 2020, o Brasil sofrerá o esgotamento de sua geração hidrelétrica
Jornal Inconfidência nº 207 - Nov 2014 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XIV)

Fontes alternativas devem ser buscadas, em face do não distante esgotamento da matriz hidrelétrica brasileira e do estresse hídrico que estão sofrendo pela escassez de chuvas
Jornal Inconfidência nº 209 - Dez 2014 - Pág. 11 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XV)

Com o esgotamento de nossa energia hidrelétrica em meados de 2020, faz-se necessária a diversificação de nossa matriz energética. Assim, faz-se necessária a diversificação de nossa invejável matriz energética (abundante, renovável, barata e não poluidora)
Jornal Inconfidência nº 210 - Fev 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XVI)

Somente agora se fala nas energias alternativas
Jornal Inconfidência nº 211 - Fev 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XVII)

A AMAZÔNIA E A HIDRELETRICIDADE
* Coronel, Historiador Militar e Advogado
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
(continua)
General Rodrigo Octávio / 1º Comandante Militar da Amazônia (1968/1970)
(XVII)
É preciso que superemos esse mito de abundância de água e sensibilizemos a população para sua utilização racional
Jornal Inconfidência nº 213 - Abr 2015 - Pág. 14 - Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XVIII)

A imprescendível e urgente diversificação de nossa matriz hidrelétrica, encontra-se seriamente comprometida por falta de aporte financeiro

Jornal Inconfidência nº 214 - Mai 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XIX)

A energia elétrica brasileira é a mais cara do planeta para nosso combalido setor industrial
Jornal Inconfidência nº 215 – Jun 2015 – Pág. 10 – Manoel Soriano Neto
 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XX)

Em 2020, a energia à base de eletricidade, complementada pelas caras e poluentes termoeletricas, esgotar-se-á

Jornal Inconfidência nº 216 - Ago 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXI)

"Programa de Investimentos em Energia Elétrica" - 200 bilhões de reais em 3 anos da geração de transmissão de energia elétrica - com que verba neste País quebrado econômicamente?

Jornal Inconfidência nº 219 - Out 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXII)

A necessidade premente de diversificação da nossa matriz energética, por meio de energias alternativas renováveis.

Jornal Inconfidência nº 220 - Nov 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXIII)

A Usina de Belo Monte, terá a sua produção de energia severamente afetada pela redução do lago (reservatório) de acumulação de água, em vista do atendimento de absurdas reinvidicações de ambientalistas/indigenistas

Jornal Inconfidência nº 222 - Dez 2015 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXVI)

Mas enquanto a economia não se recuperar, não poderemos sonhar com dias melhores

Jornal Inconfidência nº 226 - Abr 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXVII)

A quebra da Petrobrás, não podendo sequer dar conta de ao menos 30% da exploração do pré-sal, como foi acertado

Jornal Inconfidência nº 227 - Mai 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXVIII)

A Petrobrás era a 10ª empresa mundial e hoje ocupa o vergonhoso 416º lugar

Jornal Inconfidência nº 228 - Jun 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXIX)

Apesar da longa demora e das inúmeras dificuldades que vem obstando o uso da abundante energia hidrelétrica da Amazônia, as usinas que lá se constroêm começam a entrar em funcionamento

Jornal Inconfidência nº 229 - Ago 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXX)

Lamentavelmente, o governo resolveu abandonar o maior projeto hidrelétrico do País, a construção da usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós (PA)

Jornal Inconfidência 231 - Set 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXXI)

A construção da Usina Hidrelétrica de São Luíz do Tapajós (PA), equivaleria a 47% da total capacidade de geração energética para a próxima década

Jornal Inconfidência nº 232 - Out 2016 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXXII)

Sem a concessão do licenciamento ambiental pelo IBAMA, as obras de construção da Usina Hidrelétrica de São Luiz de Tapajós (PA) foram abandonadas

Jornal Inconfidência nº 234 - Dez 2016 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXXIII)

A Hidrelétrica de Santo Antonio é a 4ª maior do Brasil e considerada a "1ª do mundo em sustentabilidade"

Jornal Inconfidência nº 235 - Fev 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Amazônia e a Hidreletricidade (XXXIV - Final)

Cerca de 40% de nossa energia provém de fontes renováveis - basicamente da hidreletricidde (energia limpa e barata) e do etanol; e por volta de 60% de combustíveis fósseis. Assim, precisamos preservar essa matriz

Jornal Inconfidência nº 236 - Mar 2017 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto

 

A Portaria 303/12, da AGU, e a Causa Indigenista/Ambientalista


O porquê do adiamento da entrada em vigor da Portaria acima.

Jornal Inconfidência nº 189 - Abr 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

Os Índios e a sua Incorporação à Comunhão Nacional

Jornal Inconfidência nº 187 - Fev 2013 - Pág 10 - Manoel Soriano Neto
 

A Convenção 169 da OIT: Uma Abordagem Sumária

A Declaração Universal dos Direitos dos Povos Indígenas poderá provocar amputações territoriais em nossa Amazônia
Jornal Inconfidência nº 186 - Jan 2013 - Pág. 10 - Manoel Soriano Neto
 

Insensatez

Na questão das terras indígenas, a Suprema Corte é tratada como instância subordinada
ESTADO DE SÃO PAULO - 05 Nov 2012 - Pág. A2 - Denis Lerrer Rosenfield